“Pois o amor de Cristo nos constrange…”

14 de outubro de 2009

O amor de Cristo nos constrange (II Co 5:14-15)

Filed under: MarceloFernandes — Marcelo Fernandes @ 14:16

Nessa semana uma informação técnica do wordpress me pareceu interessante. Uma pessoa digitou em algum serviço de busca a pergunta “O que significa que o amor de Cristo nos constrange”, chegando assim a este blog. Infelizmente, essa pessoa não encontrou a resposta aqui. Ainda que tardiamente, vale a pena responder.

Essa oração (no sentido de sujeito-verbo-predicado, não no sentido de falar com o Pai) está em II Coríntios, 5:14. Reproduzo abaixo também o versículo seguinte.

“Pois o amor de Cristo nos constrange, julgando nós isto: um morreu por todos, logo, todos morreram. E ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si mesmos, mas para aquele que por eles morreu e ressucitou.”

O blog recebeu esse título no ano passado, um período muito especial em minha vida espiritual, ano em que mais investi em meu relacionamento com Deus. E essa frase é a que melhor expressa minha visão do amor de Cristo desde então: constrangimento. O amor de Jesus é tamanho que deixa o homem constrangido. É só parar e pensar no ato Dele, em tudo o que Ele passou por nós, e nos perguntarmos: nós mereciamos esse sacrifício? NÃO. Nós nunca fomos merecedores do amor do nosso Salvador. E mesmo depois disso, não há nada que façamos que nos atribua qualquer valor com o qual possamos recompensá-Lo. Mesmo que vivamos para a Sua obra, não temos como pagar a Deus pela cruz. Essa é a máxima expressão de amor que já existiu e existirá, sem sombra de dúvida. Por isso é constrangedor. E não é uma salvação imposta, Deus não impõe que o aceitemos, Ele nos deixa escolher. Por isso ninguém pode reclamar: “Pô, Jesus maior vacilão, morreu em meu lugar, eu queria mesmo é ir pro inferno”. Ainda assim Ele nos ama. Seu amor é incomensurável, incondicional e impagável. Por isso é constrangedor.

Paz!

Marcelo Fernandes

About these ads

5 Comentários »

  1. Olá Marcelo,quero dizer que essa pessoa pode não ter encontrado essa resposta naquele momento,mais eu pude entender um pouco mais desse Amor tão sublime que é o de Jesus por nós através de suas palavras,verdadeiramente eu tenho pedido muito para Deus me permitir ser uma pessoa que consiga ser pelomenos grata por tudo o que ele me fez e me faz todos os dias me permitindo acordar e respirar…etc..como pode uma raça de homens tão ignorantes e hipocritas,ser tão amados,a ponto do proprio Deus se diminuir,vindo na forma de homem,se esvaziando,se humilhando e morrendo morte de cruz,para nos dar a liberdade de escolher ainda,sim ou não,o seu amor,sua palavra,sua obediência…..nossa,eu desejo entender isso,e conquistar esse cararter tão lindo e perfeito desse Jesus,esse Amor é muito constrangedor,falhamos e falhamos,somos tão pequeninos diante de toda essa imensidão que esta nas palmas de suas mãos,e somos os escolhidos mesmo assim,tudo foi feito nos minimos detalhes com tanto amor para nós,por nós…aaafff

    Deus é muito perfeito…tomara as pessoas deixarem as religiões,os pré conceitos e mergulharem nesse evangelho do amor verdadeiro;Santo e Fiel,sem maculas e sem marras..

    paz!! e obrigada…

    Comentário por Wanessa — 28 de dezembro de 2009 @ 02:04 | Resposta

  2. Engraçado que achei seu blog da mesma forma que essa pessoa do texto achou, coloquei apenas a expressao ”o amor de Cristo nos constrange”, com o intuito de entender mais sobre isso, e, agora, cá estou: lendo e relendo todos esses posts, inclusive este, que talvez a pessoa citada não tenha lido, mas que eu fico feliz por tê-lo encontrado, e por ter esclarecido o sentido dessa expressão. Realmente, o amor de Cristo nos constrange, e não há como entender tamanho amor..

    Obrigada!
    Deus abençõe!

    Comentário por Rebeca — 24 de abril de 2010 @ 13:18 | Resposta

  3. Encontrei esse blog porque há 2 semanas estou com esse versículo na cabeça,”o amor de Cristo nos constrange”,estive pensando realmente como isso é profundo,pois é um amor incomparável, até mesmo o amor de uma mãe não consegue se equiparar a esse amor .Que outro “deus” faria tamanho sacrifício ,abrindo mão da sua glória para descer e entender de perto o que nós falhos pecadores passamos ,só nosso maravilhoso Jesus!

    Comentário por Alessandra-rj — 10 de agosto de 2011 @ 23:14 | Resposta

  4. Na verdade, pr Marcelo, o versículo é 2ª Cor 5;14-15, e não 4, coforme o irmão postou.Fui pesquisar a referência e verifiquei isso.
    Fraternalmente
    Maria Amelia

    Comentário por MARIA AMELIA LOBO PIRES — 23 de maio de 2012 @ 18:33 | Resposta

    • Opa, de fato, tinha errado o número do capítulo. Correção feita, obrigado!

      Comentário por Marcelo Fernandes — 28 de maio de 2012 @ 17:41 | Resposta


Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

O tema Rubric. Blog no WordPress.com.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: